Notícias - Carta Aberta Judô Viana

24Fev2016

Montes Claros, 14 de Setembro de 2015

 

          A/C Liga Mineira de Judô

Prezados Senhores:

 

Do fraco tornamo-nos fortes. Do imprevisto, surgem grandes soluções e ideias. A palavra CRISE em Chinês tem dois caracteres que significam PERIGO e OPORTUNIDADE. Sim, nesse turbilhão de mudanças e pensamentos em nosso cenário, reporto-me aos senhores de forma muito tranqüila para AGRADECER. De fato, a tendência do ser humano é criticar, encontrar defeitos, máculas. Junto-me ao coro dos que lançam fora os lances pessimistas e enalteço as qualidades. São tantos os fatores, que jamais caberiam em uma simples carta de apreço, porém, deixo registrado o que foi pontual e consenso na opinião de todos nós, associados e professores.

Imagino quão difícil fora saber que o local de competição havia mudado por motivos de greve, e tendo que tomar uma decisão de alocação, tão bem escolhido como a Arena Mariana! São percalços que muitos imaginam estar no controle da Liga Mineira, e sou prova viva de que sempre o que é feito visa o melhor para todos os atletas e seus respectivos clubes/projetos. O que vimos foi uma aula de competência, rápida decisão e porque não citar senso político? Deveras, num evento de tamanha proporção, o trâmite organizacional passa pelo plano político em igual teor, prova da presença do ilustríssimo prefeito da cidade de Mariana, extremamente acessível e solícito para com toda a Liga Mineira e a clara expectativa dos mesmos no que tange ao acontecimento. Assim, o local para as competições instilou nos atletas ainda mais garra, mais desejo de competir, cuja magnitude ficará para a história de todos nós, em especial para nossas preciosidades que vem de projetos sociais, em sua maioria. Pontos extras para todos da Administração da LMJ. Tiro certeiro! (se me permitem a frase)

Outro ponto a ser destacado, como sempre vem sido feito nas administrações recentes da liga: a premiação. Olhar ao redor e ver atletas indo embora com a medalha no peito, não querendo tirar mesmo quando entram nos ônibus de suas respectivas delegações, nos carros dos pais, quando andam na rua, isso independente de idade. Quanta valorização do atleta! Tive a oportunidade de ter algumas medalhas em mãos e constatei a qualidade insofismável destas. As premiações dos grandes professores e difusores do Judô Mineiro não ficam de fora de meus elogios. As placas gravadas com seus nomes são irrepreensíveis, gesto este que dignifica o trabalho de todos, sendo atuantes como atletas, nos bastidores dando suporte à Liga nos eventos ou como professores que já se doaram exaustivamente pelo caminho e que hoje o corpo cobra o tributo. Envelhecemos um dia, não dá para correr! Mas, os senhores são lembrados, e o legado permanece. Prova é o olhar cuidadoso da Liga com homenagens muito justas que renovam muitas forças. Nossos calorosos votos de continuidade a todos estes!

Agora, dirijo-me aos dirigentes, administrativo, Financeiro, enfim estes que são os pilares de sustentação de nossa amada liga:

MUITO OBRIGADO!

Será mesmo que preciso dizer o porquê de cada agradecimento?

Nessas 13 letras acima, com muita propriedade, deixo claro que o judô de Minas Gerais é gerido por seres humanos na essência do significado, com olhar aguçado e amor pelo que fazem. Aprendi e aprendo a cada dia tanta coisa que cresço como ser humano, junto! A parceria é sentida a cada evento, campeonato.  Espere aí: eu já disse que não ia alongar muito…Querem mesmo saber? Mais 13 letras definem tudo isso:

QUEM É LIGA SABE!

 

Domo Arigato

 

 

                    Rafael Viana

Judô Viana